Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
20/10/20 às 17h59 - Atualizado em 20/10/20 às 17h59

Codeplan discute a realidade dos jovens do Distrito Federal

Em webinário, foram apresentados quatro estudos sobre juventude no DF, dois deles publicados nesta quarta (7)

 

Pesquisadores, gestores, especialistas e representantes da sociedade civil abordaram a realidade dos jovens no Distrito Federal no webinário “Juventude no DF: perfil, educação e inserção no mercado de trabalho”, promovido pela Codeplan nesta quarta-feira (7) e transmitido ao vivo pelo canal da companhia no Youtube. O evento foi conduzido pelo presidente da Codeplan, Jean Lima, e contou com a participação do secretário de Governo, José Humberto Pires; do secretário de Juventude, Kedson Rocha; da secretária-executiva de Valorização e Qualidade de Vida da Secretaria de Economia, Adriana Faria; da secretária-executiva de Juventude, Natália Suassuna; do co-fundador do TColettive e representante da Rede Distrital Trans, Leonardo Luiz; e da oficial de juventude do Fundo de População das Nações Unidas no Brasil, Gabriela Monteiro.

 

O presidente da Codeplan, Jean Lima, destacou que a companhia vem desenvolvendo uma proposta de política baseada em evidências, uma parceria com os gestores do Distrito Federal que buscam respostas alternativas para determinadas perguntas relacionadas à políticas públicas em temática específica. “A proposta deste webinário é apresentar informações sobre os jovens do Distrito Federal e discutir o perfil, a educação e a inserção no mercado de trabalho com especialistas e sociedade civil”, diz.

 

Para José Humberto Pires, secretário de Governo do Distrito Federal, a informação é fundamental para a tomada de decisões estratégicas da administração governamental e para que as políticas públicas possam chegar até o cidadão. “Não temos como trabalhar no escuro. Para que o executivo possa ter um foco melhor no investimento e, sobretudo, no desenho das políticas públicas que determinam a aplicação desse investimento, é primordial que tenhamos esse cenário que a pesquisa nos permite”, conclui.

 

O secretário de Juventude do Distrito Federal, Kedson Rocha, ressaltou a importância que estudos como os apresentados no webinário e parcerias entre os órgãos da administração pública local possuem para a construção de políticas públicas sólidas. “Trabalhos como esses ajudam nas projeções da Secretaria de Juventude. É uma parceria continuada que visa diversos projetos de pesquisas que envolvem os jovens do DF e estão relacionados à empregabilidade, educação, empreendedorismo, entre outros”, finaliza.

 

Adriana Faria, secretária-executiva de Valorização e Qualidade de Vida, afirmou que os estudos sobre as condições sociais, demográficas e econômicas dos jovens trazem à tona uma temática muito importante, que abrange o acesso da juventude ao mercado de trabalho e à formação superior. “Tais dados irão nos aparelhar para que possamos encontrar os caminhos que permitirão encurtar os passos para inserção dos jovens nesses ambientes”, conta.

 

Para a secretária-executiva de Juventude, Natália Suassuna, os estudos são extremamente importantes para que a secretaria possa executar ações mais direcionadas e obter resultados mensuráveis. “Sempre digo que se não podemos medir, não podemos gerenciar. Precisamos de números para pensarmos em projetos. Os dados são fundamentais para saber onde e como agir. Trabalhos baseados em pesquisas são trabalhos assertivos”, declara.

 

No webinário, foram apresentados quatro estudos produzidos por pesquisadores da Codeplan:

 

Retratos Sociais DF 2018 – Perfil da população jovem do Distrito Federal;

Retratos Sociais DF 2018 – Educação, trabalho e renda da população jovem do Distrito Federal;

Jovens no Mercado de Trabalho: um olhar a partir da PDAD 2018;

Síntese de Evidências – Inserção de jovens no mercado de trabalho.

 

Após a apresentação dos estudos, o educador físico Leonardo Luiz, como representante da sociedade civil, e a oficial de juventude Gabriela Monteiro, participaram da discussão dos resultados. Leonardo apontou as dificuldades vivenciadas pelos jovens para ingressar e se manter no mercado de trabalho, especialmente aqueles que residem em regiões periféricas e pertencem às camadas de renda mais baixas, e para se qualificar, em razão da escassez de oportunidades de formação e da impossibilidade de conciliar trabalho e estudo.

 

A especialista Gabriela Monteiro destacou a importância de uma abordagem interseccional para tratar as questões relacionadas à juventude, levando em consideração as diversas experiências e realidades vivenciadas de acordo com os diferentes perfis observados entre os jovens. “É preciso compreender essa diversidade para que possamos produzir alternativas, seja no âmbito da gestão pública, das Nações Unidas e todos que possuem compromisso com a garantia de direitos da juventude”.

 

As diretoras Clarissa Schlabitz, de Estudos e Pesquisas Socioeconômicas, e Daienne Machado, de Estudos e Políticas Sociais, encerram o evento com os agradecimentos e considerações finais. “A Codeplan permanece informando as políticas e iniciativas por evidências, com o olhar para a redução de desigualdades, e buscando incorporar as percepções dos grupos que são objetos dos estudos. Não é apenas o que dizem os números, mas também o que dizem as pessoas”, afirma Daienne. “Os apontamentos foram muito importantes e seguiremos discutindo as questões relacionadas aos jovens do DF, principalmente a inserção no mercado de trabalho”, conclui Clarissa.

 

Assista o webinário no canal da Codeplan no Youtube: youtube.com/codeplanoficial

 

Reportagem: Lucas Almeida, com supervisão de Renata Nandes, Ascom/Codeplan

Foto: Agência Brasília

CODEPLAN - Governo do Distrito Federal

Companhia de Planejamento do Distrito Federal

Setor de Administração Municipal - SAM, Bloco H, Setores Complementares - CEP: 70.620-080 - codeplan@codeplan.df.gov.br