Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
20/10/20 às 17h50 - Atualizado em 28/10/20 às 17h34

Dados apontam para cenário de estabilidade no Distrito Federal

 

Número de casos registrados em setembro é o menor desde maio; e de óbitos, o menor desde junho

 

A 27ª edição do Boletim Codeplan Covid-19  mostra que os números da pandemia no Distrito Federal caminham para a estabilidade. Em setembro, a quantidade de casos e óbitos registrados foi consideravelmente menor que as observadas em julho e agosto, meses em que foram contabilizados os maiores números. Considerando a data de notificação pelo Ministério da Saúde, o Distrito Federal registrou 30.203 contaminados e 734 mortes em setembro. O mês que contabilizou a maior quantidade de infectados foi julho, com 57.074 notificações, enquanto agosto contabilizou a maior quantidade de vítimas, com 1.052 notificações.

 

Em todo o mês de setembro, foram notificados 54,2% dos casos registrados no mês anterior e 69,8% dos óbitos contabilizados em agosto.

 

No mês de outubro foram notificados 12.712 casos e 290 óbitos até o último domingo (18). Os números correspondem a 64% dos casos e 56,2% dos óbitos ocorridos nos primeiros 18 dias de setembro. Apesar desses resultados indicarem a continuidade de queda nos números da pandemia entre um mês e outro, os dados podem sofrer ajustes retroativos, especialmente os do mês de outubro, considerando que há pacientes cujo estado de saúde ainda não foi informado e/ou contaminados cujos sintomas se iniciaram recentemente e que ainda não tiveram seus registros realizados.

 

No último sábado (17), a tendência de novos casos, calculada pela média móvel de 7 e de 14 dias, foi de 321 e de 420 infectados por dia, respectivamente. Já a tendência de novos óbitos, calculada da mesma forma, foi de 6 e de 8 mortes por dia, respectivamente.

 

CENÁRIO NACIONAL – Segundo o Ministério da Saúde, no último domingo (18), o Distrito Federal ocupava a 10ª posição entre as unidades federativas (UFs) em número de casos confirmados de Covid-19 e a 15ª em número de óbitos pela doença. A capital federal se encontrava na 7ª posição no ranking de novos casos diários e na 2ª colocação em casos por 100 mil habitantes, com 6.797 casos/100 mil hab.

 

O Distrito Federal registrou um aumento de 2,46% no número de casos na última semana, passando de 200.035 casos no dia 11 de outubro para 204.957 no dia 18 de outubro, sendo o 16º maior aumento proporcional entre as UFs.

 

A taxa de letalidade, que dá a noção da gravidade da doença em determinada região, era de 1,73% no Distrito Federal, a 23ª menor do país. No coeficiente de mortalidade, o DF se encontrava em 1º lugar, com 118 óbitos a cada 100 mil habitantes.

 

Reportagem: Lucas Almeida, com supervisão de Renata Nandes

CODEPLAN - Governo do Distrito Federal

Companhia de Planejamento do Distrito Federal

Setor de Administração Municipal - SAM, Bloco H, Setores Complementares - CEP: 70.620-080 - codeplan@codeplan.df.gov.br