Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
22/12/20 às 19h50 - Atualizado em 22/12/20 às 22h22

Distrito Federal registra a menor taxa de desemprego do ano

Em novembro, o mercado de trabalho local registrou mais 30 mil novos ocupados

 

A Companhia de Planejamento do Distrito Federal (Codeplan) divulgou nesta terça-feira (22) a Pesquisa de Emprego e Desemprego do Distrito Federal (PED-DF) e da Área Metropolitana de Brasília (PED-AMB), em parceria com o Departamento Intersindical de Estatísticas e Estudos Socioeconômicos (DIEESE). A Área Metropolitana de Brasília (AMB) é composta pelo Distrito Federal e os 12 municípios goianos que circundam o DF: Águas Lindas de Goiás, Alexânia, Cidade Ocidental, Cocalzinho de Goiás, Formosa, Luziânia, Novo Gama, Padre Bernardo, Planaltina, Santo Antônio do Descoberto e Valparaíso de Goiás.

 

Considerando o impacto significativo que a pandemia causou no mercado de trabalho local e nacional, a taxa de desemprego em novembro apresenta sinais de uma recuperação econômica, reflexo da reabertura de diversos setores produtivos e das contratações temporárias características do final do ano, ficando em 17,8% no Distrito Federal e em 24,3% na Periferia Metropolitana de Brasília (PMB), composta apenas pelos 12 municípios goianos. Na AMB, o índice ficou em 19,6%.

 

O presidente da Codeplan, Jean Lima, declarou que “em novembro o DF atingiu o menor índice de desemprego do ano, 17,8%, cujo setor de serviços criou 37 mil novos postos de trabalho”. “Levando em consideração o período crítico que passamos nos primeiros meses da pandemia, em que a taxa de desemprego atingiu 21,6%, com 330 mil desempregados, é possível afirmar que há uma lenta e gradual retomada econômica. Afinal, o Idecon (Índice de Desempenho Econômico do DF) no terceiro trimestre de 2020 ficou estável, em – 0,6%, enquanto o PIB do país variou para -4,5%”, conclui o presidente.

 

O secretário de Trabalho, Thales Mendes, ressaltou que “as pesquisas sobre o mercado de trabalho local são fundamentais para orientar o caminho no qual a Secretaria de Trabalho deve seguir, observando quais os setores produtivos que mais contrataram pessoas, para então oferecer qualificação profissional necessária, voltada para o consumo dessa mão de obra pelo mercado de trabalho”. Thales destacou que “o alcance do menor índice de desemprego deste ano demonstra que as políticas públicas estão sendo desenvolvidas”.

 

O contingente de ocupados no mercado de trabalho brasiliense aumentou em 30 mil pessoas (2,3%). Esse resultado se deve ao crescimento das contratações nos setores de Serviços (4,0% ou 37 mil) e da Indústria de Transformação (2,2% ou 1 mil) e redução das contratações nos setores do Comércio (-1,3% ou -3 mil), da Construção (-2,6% ou -2 mil) e da Administração Pública (-0,6% ou -1 mil).

 

O contingente de assalariados no mercado de trabalho do Distrito Federal aumentou em 29 mil pessoas (3,3%), sendo 22 mil no setor privado (3,7%) e cinco mil no setor público (1,7%). No setor privado, cresceu o número de trabalhadores com carteira de trabalho assinada (3,4% ou 17 mil) e sem carteira assinada (5,4% ou 5 mil). Entre os autônomos e empregados domésticos, houve aumento de seis mil (2,6%) e 1 mil (1,3%) trabalhadores, respectivamente. Houve redução de seis mil (-5,6%) ocupados classificados nas demais posições, que abrangem os empregadores, donos de negócio familiar, trabalhadores familiares sem remuneração, profissionais liberais e outras posições ocupacionais.

 

Segundo a pesquisa, as diferenças salariais entre os trabalhadores do Distrito Federal e dos municípios da PMB são expressivas. Em outubro, o rendimento médio real dos ocupados na capital federal foi de R$ 3.688, enquanto o dos assalariados foi de R$ 4.322. Já na PMB, esses valores foram de R$ 1.811 e R$ 1.770, respectivamente.

 

Acesse aqui a PED_DF-AMB_Novembro_2020_Apresentação

 

Acesse aqui o PED-DF Novembro 2020

 

Reportagem: Lucas Almeida, com supervisão de Renata Nandes – Ascom/Codeplan

CODEPLAN - Governo do Distrito Federal

Companhia de Planejamento do Distrito Federal

Setor de Administração Municipal - SAM, Bloco H, Setores Complementares - CEP: 70.620-080 - codeplan@codeplan.df.gov.br