Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
14/02/17 às 17h49 - Atualizado em 29/10/18 às 11h54

Inflação de janeiro diminuiu em relação a dezembro de 2016

Redução de 0,4 ponto percentual em relação ao mês anterior coloca capital do País entre as quatro cidades que tiveram retração do índice

O Índice de Preço ao Consumidor Amplo (IPCA) registrou recuo da inflação em janeiro de 2017 (0,72%) em relação à variação do mês anterior (1,12%), o que significou redução de 0,4 ponto percentual. Os números foram apresentados pela Companhia de Planejamento do Distrito Federal (Codeplan) na tarde desta terça-feira (14), no auditório da empresa pública.

Das 13 capitais brasileiras cujos números foram levantados, apenas outras três apresentaram diminuição na inflação: Campo Grande (- 0,14%), São Paulo (- 0,12%) e Recife (- 0,11%).

Com maior impacto, o grupo de consumo de transporte teve peso de 0,42 ponto percentual no IPCA por conta dos reajustes de 25% nas tarifas de ônibus. No entanto, o aumento nesse setor foi menor que em dezembro, quando os preços das passagens aéreas subiram e fizeram com que a inflação subisse 0,84 ponto percentual em relação a novembro.

Mesmo com variação menor que em dezembro, Brasília tem a maior inflação do País em janeiro, seguida por Vitória (0,69%). Nos últimos 12 meses, é a sexta menor acumulada, com 5,41%.

O IPCA tem por objetivo medir a inflação de um conjunto de produtos e serviços comercializados no varejo referentes ao consumo pessoal das famílias cujo rendimento varia de 1 a 40 salários mínimos.

INPC teve aumento na inflação
Já o Índice Nacional de Preço ao Consumidor (INPC) de janeiro em Brasília teve aumento de 1,08% em relação a dezembro, quando a variação calculada foi de 0,87%. O que representa alta de 0,21 ponto percentual. A inflação acumulada nos últimos 12 meses, de 5,18%, também foi a sexta menor entre as 13 pesquisadas.

O INPC refere-se a famílias residentes em áreas urbanas, com rendimento de um a cinco salários mínimos.

Frutas, legumes e verduras mantiveram deflação do ICDF
Baseado no movimento dos preços praticados pelos mercados atacadistas da cidade para 66 produtos de hortifrutigranjeiros, o Índice Ceasa do Distrito Federal (ICDF) de dezembro de 2016 também foi apresentado pelas Centrais de Abastecimento do DF (Ceasa-DF) nesta terça-feira.

Com deflação, a variação do índice em janeiro, de – 4,24%, diminuiu ainda mais em relação a dezembro, que era de – 2,08%. A queda ocorreu devido ao recuo nos setores de frutas (- 2,2%), de legumes (- 9,61%) e de verduras (- 17,66%). Apenas o setor de ovos e grãos apresentou aumento (1,83%), devido a aumento no custo de produção de ovos.

Acesse a íntegra do IPCA e do INPC de janeiro de 2017 em Brasília.
 

Reportagem: Vinícius Brandão, da Agência Brasília
Foto: Toninho Leite, da Codeplan

CODEPLAN - Governo do Distrito Federal

Companhia de Planejamento do Distrito Federal

Setor de Administração Municipal - SAM, Bloco H, Setores Complementares - CEP: 70.620-080 - codeplan@codeplan.df.gov.br