Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
30/03/21 às 15h46 - Atualizado em 7/04/21 às 13h57

Taxa de Desemprego cresce no DF e apresenta leve redução na periferia de Brasília

Os dados apresentados são referentes ao mês de fevereiro

 

A Pesquisa de Emprego e Desemprego (PED) do Distrito Federal e Área Metropolitana de Brasília divulgada nesta terça-feira, 30, pela Companhia de Planejamento do DF e pelo Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos – DIEESE, mostram que a taxa de desemprego total cresceu, ao passar de 18,1% para 18,6%, entre janeiro e fevereiro de 2021. Segundo suas componentes, a taxa de desemprego aberto aumentou de 15,4% para 16,0%, e a de desemprego oculto variou de 2,7% para 2,6%. A taxa de participação – proporção de pessoas com 14 anos e mais incorporadas ao mercado de trabalho como ocupadas ou desempregadas – passou de 64,0% para 63,8%. O contingente de desempregados aumentou, como resultado da ligeira redução do nível de ocupação (menos 9 mil ocupados) e da relativa estabilidade da População Economicamente Ativa – PEA (menos 3 mil pessoas estavam no mercado de trabalho da região). Por sua vez, a pequena diminuição no contingente de ocupados decorreu do decréscimo no número de postos de trabalho no setor de serviços e entre os assalariados públicos e privados.

 

Segundo Clarissa Schlabitz, diretora de estudos e pesquisas socioeconômicas da Codeplan, “os resultados mostram estabilidade do mercado de trabalho na área metropolitana de Brasília, registrando pequeno aumento da taxa de desemprego no Distrito Federal de um lado, e, de outro lado, uma redução dessa taxa na periferia metropolitana, puxada, principalmente pela indústria de transformação e pela construção” explicou.

 

Em relação à região metropolitana, a pesquisa mostra que a taxa de desemprego total diminuiu, ao passar de 23,8% para 23,3%, entre janeiro e fevereiro de 2021. No mesmo período, observou-se crescimento do nível de ocupação em proporção maior que o aumento da PEA, o que resultou no declínio do contingente de desempregados. Os dados coletados mostram que em fevereiro de 2021, 145 pessoas estavam desempregadas na Periferia Metropolitana de Brasília, 1,4% a menos que em janeiro. O declínio no contingente de desempregados resultou do aumento do nível de ocupação (acréscimo de 1,3% no número de postos de trabalho) em proporção superíor ao crescimento da PEA (0,8% pessoas a mais no mercado de trabalho).

 

Acesse aqui:

. Apresentação PED-AMB e PED-DF-Fevereiro_2021 – Veja também no Youtube 

. Pesquisa de Emprego e Desemprego do Distrito Federal (PED-DF)

. Pesquisa de Emprego e Desemprego na Periferia Metropolitana de Brasília (PED-PMB)

 

Reportagem: Renata Nandes, Ascom/Codeplan

CODEPLAN - Governo do Distrito Federal

Companhia de Planejamento do Distrito Federal

Setor de Administração Municipal - SAM, Bloco H, Setores Complementares - CEP: 70.620-080 - codeplan@codeplan.df.gov.br