Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
29/01/13 às 17h41 - Atualizado em 29/10/18 às 11h50

PDAD do Recanto das Emas é a primeira das 31 RA’s que serão pesquisadas

A Companhia de Planejamento do Distrito Federal (Codeplan) divulgou hoje  os resultados da Pesquisa Distrital por  Amostra de Domicílios (PDAD)  do Recanto das Emas, referente a 2013.   “A divulgação da PDAD do Recanto das Emas é a primeira das 31 regiões administrativas que serão pesquisadas este ano. O que a Codeplan propõe é divulgar uma pesquisa quinzenalmente e começar a PMAD, irmã siamesa da PDAD. A PMAD é a Pesquisa que vai trabalhar com os 11 municípios da Área Metropolitana de Brasília”, disse o presidente da Codeplan, Júlio Miragaya.

A Região Administrativa Recanto das Emas, que tem uma população estimada, para 2013, de 133.527 habitantes, com mais de 35 mil domicílios, apresenta uma taxa média geométrica de crescimento anual de 3,5 e do DF de 2,3, com renda per capita de R$ 683,00, constatando-se uma distribuição de renda padronizada, ou seja, homogênea.

Quanto à população por gênero, há uma proporção de 49,30% de homens contra 50,70% de mulheres. A cidade tem 7,00% de idosos e 23,50% de crianças na faixa de zero a 14 anos.

A pesquisa revela ainda que a população moradora natural do DF é maioria com 52,60%, com predominância dos nordestinos, que é de 68,72%, sendo que os estados mais representativos são a Bahia, com 16, 74% e Piauí, com 16,27% seguida pelos que vieram do Sudeste, com 14,12% e 12,64% da Região Centro-Oeste.

A maior parte da população ocupada está no comércio com 29,12%, seguida dos serviços gerais, que tem uma participação de 26,43%. Da população ocupada, 33,56% dos moradores do Recanto das Emas se deslocam para Brasília para trabalhar e 26,65% trabalham na própria cidade.

Houve um avanço nas pesquisas, procurou-se trabalhar itens das questões de meio ambiente e de deficiência física, que na RA 5,5% da população têm algum tipo de deficiência visual e motora. “À medida que forem desenvolvendo itens relevantes, haverá um aprimoramento dos dados”, disse Iraci Peixoto, coordenadora técnica da Gerência de Estudos e Pesquisas Socioeconômicas da Codeplan.

Representando a Administração do Recanto das Emas, Alaíde Rodrigues de Sousa, parabenizou a Codeplan pela realização das pesquisas, que contribui, na sua opinião, com a implantação das ações públicas. Ela disse estar orgulhosa de sua cidade, pois muitos avanços foram registrados nos últimos anos, ressaltando que, hoje, mais de 90% dos moradores fazem compra na própria cidade, com o comércio se firmando.

Outra novidade na pesquisa foi a coleta de dados sobre a infraestrutura urbana. A pesquisa mostrou que houve um baixo índice de arborização, apenas 12,70%, destacou Miragaya, presidente da Codeplan.

Hábitos dos moradores

A pesquisa revela que mais de 91% da população da região não costumam ir a museu, teatro e biblioteca, e somente 18,00% praticam esporte, sendo que desses, 10% jogam futebol.

Alguns indicadores mostram que na posse de bens houve um avanço, com 51,20% dos domicílios com automóveis, constatando a posição de Brasília ao ocupar a quarta posição no ranking mundial na aquisição de veículos. Houve também avanço na aquisição de computadores.

Quando perguntados sobre religião, mais de 59% dos moradores da RA XV declararam que regularmente frequentavam a igreja, com maior número de católicos.

Para a utilização na área da saúde, 76,43% declararam utilizar o hospital público. Do total desse contingente, 37,01% se dirigem a Taguatinga, 13,38% a Brasília e 11,25% ao Gama.

No Recanto das Emas, as atividades extracurriculares são pouco exploradas, o que se confirma pelo percentual de 97,10% da população que declarou não frequentar nenhum tipo dessas atividades. Os níveis de escolaridade ainda são baixos, com destaque para o ensino fundamental incompleto, com 37,50%.   Para Aldo Paviani, assessor da presidência da Codeplan, o que chama atenção, apesar do número elevado de domicílios próprios (70,86%), é que 23,63% não  estão legalizados, item preocupante se esses domicílios estiverem próximos a nascentes. A pesquisa foi feita em janeiro deste ano, com uma amostra de 835 domicílios.  

Texto: Eliane Menezes

CODEPLAN - Governo do Distrito Federal

Companhia de Planejamento do Distrito Federal

Setor de Administração Municipal - SAM, Bloco H, Setores Complementares - CEP: 70.620-080 - codeplan@codeplan.df.gov.br